terça-feira, 2 de agosto de 2011

Simples(mente) desejo

Desejo que diante de erros e acertos,
Você seja justo e consiga pesar os prós e contras,
Para que erre apenas uma vez
E isso baste para que venham os bons resultados.
Mas sempre esperando um segundo erro,
Afinal, somos humanos.

E que diante dos segundos erros,
Você seja racional, já que é irremediável ser humano.
E que use a racionalidade a seu favor,
Nunca esquecendo que razão e fé se juntaram numa causa única.

Diante de problemas e soluções,
Seja forte o suficiente para superar as injustiças da vida,
E humilde, a ponto de assumi-las e encará-las de braços abertos,
Pronto sempre para os dois possíveis resultados:
A conquista ou a perda.

E diante de uma perda,
Você saiba que é impossível ganhar sempre,
Mas que não é impossível, nem muito menos derrota, tentar novamente.
Novas tentativas provam o quão persistente você é,
E persistência não é perda de tempo, é maturidade!

Diante do amor e do ódio,
Consiga viver intensamente a dor,
Para descobrir que um dia sofrendo
Faz dos outros 364 dias mais apaixonantes.
Dias mais apaixonados,
Mesmo que por si mesmo.

Que amor próprio não é egoísmo, é elevação.
É ter uma alma superior,
Capaz de ajudar o próximo
Pelo simples fato de você saber o conceito de respeito.

E que calma e impaciência são virtudes,
E virtudes não são posses, não são produtos,
Você nasce com elas e as leva por toda sua vida,
Por isso, não as esqueça, não as apague.
Use-as hoje, amanha e sempre.
A virtude é uma das maiores qualidades do homem.

Que diante da raiva,
Você seja covarde. Sim, covarde!
Esqueça todos os desaforos, e pense,
Pense que palavras ditas não se apagam jamais,
E por isso devem ser ponderadas.
Jamais diga que odeia.
Pessoas não merecem ser odiadas.
Merecem ser desculpadas.

E por fim, se estiver diante da morte,
Espero que você saiba que ainda está vivo,
E que angústia e medo são sentimentos carnais,
E pelo simples fato de existirem,
Provam que a vida ainda não se foi.
E quando ela se for (porque irá),
Estes não estarão mais presentes,
Não em você, mas em quem ficou para trás.

Cante e pule,
A vida não é feita de substantivos, e sim de verbos.

Invente, inove,
Crie condições e melhore sempre.
Mude e mude pra melhor.
Mas pense que um passo atrás
Nem sempre significa derrota,
Significa humildade,
Reconhecimento.

Desculpe,
Àqueles que erraram.
Mas principalmente, a si próprio.

Ame, viva,
Seja feliz nos seus erros e acertos.

E no final de tudo, seja...
Seja o que você quiser,
Sem esquecer quem você realmente é e quem pode ser.

Um comentário:

Márcio Calixto disse...

Sei que altos e baixos sempre acontecem em nossas vidas, mas, sincera(mente) seja contigo um ponto que lhe acho fundamental: nunca abra mão da possibilidade de um dia você se tornar escritora mesmo, algo como carreira. Vc tem uma pegada fantástica!!!

Comentário Rápido