quinta-feira, 23 de setembro de 2010

DIAS

Todos os meus dias iguais são diferentes. Mania insana de “gente Poliana”: teimar em ver o lirismo que não existe no dia-a-dia ... Ou será que existe?

4 comentários:

Márcio Calixto disse...

Sim, existe, com certeza, existe!

T. Augusto disse...

Bem, se vocês dizem, eu acredito, né? Oo'

Cerestino disse...

se não existisse não valeria a pena.

Wallace da Silva disse...

Existir, existe. Mas até onde o alcançamos? Será que ele é tão claro assim ou é pura falta de inspiração ficarmos sentados horas em frente ao computador na hora de transportar para o mundo lírico um ocorrido num dia comum?

Comentário Rápido