domingo, 19 de setembro de 2010

Concurso para políticos (Desçam ao Inferno!)

Prova atrás de prova, horas sentada em uma cadeira desconfortável, sendo vigiada como uma presidiária, queimando todos os meus neurônios, depois de passar dias estudando como uma louca, pra quê?? Para tentar uma reles vaga no serviço público, em um cargo que nem demanda tanta responsabilidade assim. Então em meio ao desespero básico que bate depois da quinquagésima questão, a minha mente começa a divagar, seja em que concurso for; o último foi o do MPU, em meio à perguntas sobre Direito Constitucional, Administrativo, legislação disso e daquilo e mapeamento de competências, fiquei pensando por quê eu tenho que passar por essa Via Crucis, enquanto dezenas de cretinos no horário político infernal gratuito sequer têm o Ensino Médio!
Ah, gente, isso me revolta!!! Por que eu tenho que ser o Einstein para concorrer a uma vaga de Analista Administrativo? Se pra ser político não precisa de um décimo desse conhecimento... Tem cada figura absurda, saída de filme de terror. Socooooorroooo! Se eu tenho que prestar concurso para ser funcionária pública e servir ao meu país, quanto mais os membros do Legislativo e do Executivo! Esses deveriam prestar o Enem, o Vestibular, o Concurso Público e passarem por várias sabatinas antes mesmo de cogitar uma candidatura! Um político deve estar apto, conhecer a Constituição de fio a pavio, fazer curso preparatório para quando se sentar em uma daquelas cadeiras do Congresso, da Assembléia Legislativa, da Câmara e dos Palácios, não fazer como uns e outros e ser mais um sanguessuga inútil. Não quero um "zé ruela" me governando e ditando as regras do meu país e da minha vida.
Não vou ser tão injusta a ponto de colocar todo mundo dentro do mesmo balaio, sei que existem políticos honestos, capazes, inteligentes e Graças a Deus por eles, mas pelo que eu vejo no Otário Eleitoral Gratuito e pelo que eu já vi nesses bons anos de vida... ai, que tristeza! Estamos descendo a ladeira e sem freio de mão!
Estou azeda mesmo, pois no próximo sábado tenho mais um suplício me esperando, enquanto nossos maravilhosos candidatos vão se divertir às nossas custas, fingindo que gostam do povo pelas ruas, sorrindo, abraçando, beijando e prometendo mundos e fundos aos mais crédulos, pois nisso eles são Ph.D.. Ih, será que eles sabem o que é Philosophiae Doctor?

2 comentários:

Cerestino disse...

conheço dua dor.

estava no concurso do MPU também e estou nessa via crucis a bastatante tempo.

Bom, como estudante de direito eu deveria te dizer que o que vc escreveu é um absurdo e talvez até uma ofensa aos princípios do Estado Democrático de Direito...

Eeeeeentretanto, não posso tirar sua razão. E acho que nem aqueles que lhe tirem. Dizer algo contra o que vc falou aqui seria contradição, visto que muitos dos eruditos [principalmente os de direito, os piores!] que a criticariam são os mesmos q falam o quanto a educação é importante e só ela pode mudar o país.

Enfim...

Nota 10!

Márcio Calixto disse...

~Então, que mudemos o estado democrático, concurso público temporário já pra políticos. E políticos ficha suja, que queimemos como se fossem bruxas!

E tenho dito!!!

Comentário Rápido