sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Sexta às nove (52)

Sua dose semanal de remédio musical.



Não sou Calvinista, mas existem coisas que são boas demais para terem sido obra do acaso.

Tom e Vinícius são o tipo de coisa que não seriam se não fossem os dois.

Vinícius eu conheci por meio do mentor desse Sarau virtual. Naquela sala branca e azul com cadeiras sobre-postas, Calixto me fez atentar e apaixonar pelo poetinha. Dele vim a conhecer o Tom Jobim. Pronto, estavam decretados meus dois inafastáveis mentores musicais. Foi mais forte do que eu.

E essa música em particular me atacou numa meio de dia abafado, desses iguaçuanos.

"Mas o amor sabe um segredo
o medo pode matar teu coração"

Não preciso falar mais nada, Camará. Os olhos desse Rimbaud às avessas diz tudo.

É água de beber.

Aproveite.

Um comentário:

Márcio Calixto disse...

Bicho bobo, sei que você já gostava de Vinícius, eu só te dei aula de literatura. Você tinha a inteligência e a sensibilidade para entendê-los.

Comentário Rápido