sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Sexta às nove (50)

Sua dose semanal (?) de remédio musical.

Bilbo Bolseiro, conversando com seu amigo Gandalf disse certa vez que cinquenta era um número um tanto sinistro talvez porque ele comemorou seu quinquagésimo aniversário saindo numa aventura com um bando de anões em busca de um tesouro guardado por um velho dragão.

Mas, aventuras fantásticas de lado, realmente o Sexta às nove número 50 também relutou a aparecer, talvez por medo, ou por coincidência.

E para uma acontecimento singelo e marcante, uma música de igual quinhão. Uma que tem sido frequentadora fiel de meus pensamentos e seus acordes nas minhas mãos ao violão e sua melodia em minha garganta.

Aqui, Cartola nos ensina sobre a vida como poucos. Numa simples canção, ele manda um grave alerta a qualquer um que não tenha o costume de repensar por onde "cai um pouco a tua vida"

Ouçam-no bem. O mundo é um moinho.

3 comentários:

Márcio Calixto disse...

E que cheguemos ao Cem. Muitíssimo boa escolha, muito mesmo. Vc é um colunista de peso. Valeu!

T. Augusto disse...

Realmente. Parabéns! ;]

Cerestino disse...

Obrigado, pessoal!

Vocês me ajudam a continuar!

Comentário Rápido