quinta-feira, 23 de outubro de 2008

Sem assunto

esse poema fiz assim
sem pretensão
sem assunto

sem ritmo
sem rima
sem você..

queria ter você aqui
abraçá-la forte,
para te sentir o coração bater

te fazer um cafuné

ver o brilho nos teus olhos
tão forte, enxergo os meus
e me perder...

não quero me prolongar,
não quero ser prolixo
e mandar o poema pro lixo

me despeço nesse instante
seu poeta da viola
seu samurai, seu plebeu

vou pegar o violão
e cantar minha saudade...
queria ter você aqui

Um comentário:

Alan disse...

Só pra combinar com o poema: Nada a comentar!Ora romântico, ora confuso...mas eu gostei!

Comentário Rápido